Justiça Restaurativa realiza manhã de reflexão em escola estadual

A equipe de facilitadores do Programa Justiça Restaurativa na Escola reuniu-se, na manhã desta segunda-feira (13), com 30 pessoas, dentre professores e funcionários da Escola Estadual Professor Carlos Henrique Schrader para uma manhã de reflexão. Os facilitadores Álvaro Garcia, Maria Alice Motta, Maria Edinalva Nascimento e Soleide Bendo da Silva apresentaram aos professores os princípios da Justiça Restaurativa, os valores em que se baseia, as práticas circulares e algumas noções sobre comunicação não-violenta. Conforme os facilitadores, o objetivo da vivência foi apresentar aos professores alguns elementos que possam contribuir para prevenir conflitos no cotidiano de sala de aula e mesmo em outros ambientes. Durante o curso, a equipe da escola pôde refletir sobre situações que ocorrem e de que forma a linguagem pode evitar ou fomentar o conflito. Foram apresentados os quatro passos da Comunicação Não-Violenta (CNV) – observação, sentimento, necessidade e pedido, aplicando-os a situações concretas na forma de dinâmicas e vivências. A manhã de reflexão foi considerada positiva pelos professores e funcionários, que apontaram a temática como pertinente à realidade de sala de aula. Além disso, 90% manifestou interesse em aprofundar os estudos em CNV. Por fim, os facilitadores consideraram que o objetivo foi atingido e, dessa forma, o Programa Justiça Restaurativa na Escola contribui para a construção da cultura da paz nas escolas.
13/05/2019 (00:00)

Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico

Notícias

Newsletter

© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia